4 de janeiro de 2017

FORMATURA 2016


Parabéns a cada formando de 2016 !!!!

"Por acreditar que este dia chegaria você se esforçou e buscou a cada dia o seu sonho. Por seus próprios méritos venceu e hoje os aplausos são todos para você" 
(FONTE: belasmensagens.com)              





8 de dezembro de 2016

TEATRO do Projeto "Sarau Social": Expressão e Arte


O Projeto "Sarau Social": Expressão e Arte finalizou o ano com a apresentação do seu grupo de teatro.
O tema abordado neste ano foi "O respeito as diferenças". Tema discutido durante o ano letivo em todos os projetos da escola.

Veja o vídeo da apresentação:


7 de dezembro de 2016

MATRÍCULAS ABERTAS PARA OS 1º ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL


Estão abertas as matrículas para os 1º anos do Ensino Fundamental para estudantes vindos das EMEIs.
A matrícula está sendo efetuada na Secretaria da Escola até o dia 21\12 e o horário de atendimento é das 9h às 17h.



Documentos Necessários para a Matrícula:
  • Xerox RG da mãe\pai ou responsável;
  • Xerox da Certidão de Nascimento ou RG;
  • Xerox do CPF da mãe ou do pai;
  • Xerox de Comprovante de Endereço - Conta de Luz ou Telefone;
  • Xerox da Carteira de Vacinação - frente e verso;
  • Xerox do Cartão do SUS;
  • Uma (01) foto 3x4.


3 de dezembro de 2016

BONECAS DE ARGILA - alunos artesãos



Estas bonecas lindas de argila são resultado das aulas de arte da professora Solange Medina do Ensino Fundamental II na EMEF Professora Marili Dias. Conversando com a professora descobri que o significado da origem destas bonecas vão além da função lúdica, resgata um pouco da história da cultura afro tão importante para a formação das nossas crianças.  Segundo a professora Solange Medina as bonecas negras africanas, em algumas tribos (pois são inúmeras no continente africano) possuem uma característica associada à fidelidade matrimonial e a cópia do ser humano, no caso os nativos da tribo se vestem igualmente as bonecas. As bonecas desempenham um papel muito importante com os jovens africanos e seu futuro casamento. Quando uma moça africana tem seu casamento arranjado, o marido lhe traz uma boneca e lhe dá um nome. A partir de então, o boneco é considerado o filho do casal, e quando a sua primeira criança nasce, é dado o mesmo nome da boneca. Então, seu boneco é equiparado a uma figura de fertilidade um objeto de sorte para sua família.